sábado, 22 de agosto de 2009

Um Bilhete Só de Ida Para a Mauritânia Por Favor!


Hoje fiz uma descoberta fantástica. Onde, onde? You know it! On the Oprah Show! A grande descoberta era algo de que eu já suspeitava há anos. No mundo tinha de haver um país, uma cultura, em que eu seria considerada bela e marriage material! E não é que existe mesmo? Pois é, na Mauritânia o que está a dar é ser gorducha. E não é como aquelas modelos plus size, que têm menos 10kg que eu, é gorda mesmo! Lá no spot as mulheres querem-se roliças para serem "agradáveis à vista e ao toque"(Oh que heresia para o mundo ocidental em que o sexy mesmo é agarrar ossos fervorosamente!)! Vejam só que os senhores até gostam de estrias! Sim estrias, aquelas coisas horrorosas que nem a laser desaparecem por completo! Mas não é só! A mulher é ainda mais apreciada se for divorciada. Bizarro não? Para eles não. O divórcio é uma celebração, assim como o casamento e funciona como uma espécie de currículo da mulher, porque quantos mais vezes for divorciada, mais será cobiçada. E porquê? Porque, dizem eles, ser divorciada quer dizer que já foi casada, ou seja, já foi desejada por outros homens. Twisted? Talvez um pouco!Mas a cereja no topo do bolo é outra, é que lá os homens querem-se magrinhos( Tomem lá!)! No entanto, nem tudo é perfeito. Apesar de ser mais agradável comer bolos do que barras de cereais, a tirania do corpo continua , apenas se inverte a lógica. Acreditem ou não, também se sofre para ser gordo. As meninas são engordadas, qual porco para matança, para que tenham hipótese de algum dia casar. Embora esta prática tenha sido proibida pelo Governo da Mauritânia, continua a ser praticada, especialmente nos locais mais rurais. As meninas são alimentadas com tudo e mais alguma coisa e leite de camelo para empurrar! Mesmo que vomitem, as raparigas são obrigadas a continuar a comer, para que respeitem os parâmetros de beleza do seu país. Há ainda uma epidemia de mulheres que tomam comprimidos para engordar! Yes, you heard it, engordar e não emagrecer! Sim é cruel, sim é contra aquele pequeno princípio da liberdade, mas não será melhor comer demais que morrer à fome? Como a mim ninguém precisa de me obrigar a comer, nem há necessidade de comprimidos , vou já fazer as malas e Mauritânia com ela!;)

2 comentários:

Fantasma da Ópera disse...

"Oh que heresia para o mundo ocidental em que o sexy mesmo é agarrar ossos fervorosamente!"

Diana, nós os homens (incluindo eu) somos como os cães. Gostamos de ossos. E depois...a Mauritânia é em África...ou seja num continente do 3º Mundo. Lá eles querem mulheres gordas porque assim se estiverem novamente à fome podem sempre matá-la e ter comer para 1 mÊs! LOL

Diana disse...

Meu querido, é bom saber que há homens que apreciam mulheres esqueléticas, porque também elas merecem amor. No entanto, parece-me que os homens preferem ter algo onde agarrar, não muito, claro, mas alguma coisita.
Quanto ao comentário sobre a Mauritânia em si, só posso dizer mesmo LOL!