sábado, 11 de outubro de 2008

Dá que pensar...

"(...)Mas ao vê-la afastar-se, pensei : é demasiado estúpido, uma mulher cruza-se comigo na rua, eu sorrio-lhe, ela sorri-me, roçamos um no outro, e vamos perder-nos... É estúpido demais, chega a ser absurdo.(...)"
Anna Gavalda, "Pequenas práticas Germanopradinas", Queria ter alguém à minha espera num sítio qualquer

2 comentários:

Anónimo disse...

Para ti, que sabes quem sou... Eu também queria ter alguém à minha espera num sitio qualquer! É o que falta para completar o vazio...

té disse...

concordo que é absurdo :p

perde-se uma expectativa, não um grande amor, porque não amamos o que não conhecemos